Dicas para encontros felizes em 2020

“Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades…”  Luis de Camões
Longe vai o tempo nos anos 90 ninguém ouvia falar em encontros online, quando as horas eram passadas no velhinho mIRC e no Hi5 nas salas de chat. Quando o marmanjo levava a mulher para a “sala privada” com a finalidade de namoro, mal sabia ele que estava a teclar com o colega e só entendia a brincadeira quando tentava marcar encontros.

Nos dias de hoje e com o avanço da tecnologia os sites de encontros são a cereja no topo do bolo para conhecer mulheres. Nesse sentido e tendo em conta que mais e mais casais se conhecem online e as regras estão a ser renovadas. Eu realmente gostei das minhas experiências de encontro online e também conheci alguém online. Assim sendo o segredo, que eu descobri, está principalmente na sua atitude e na abordagem ao encontro.

Aqui estão algumas das minhas principais dicas, de uma honesta e apreciadora profissional para outra!

1. Seja uma mulher linda e poderosa

Sê tu mesma mulher linda e poderosa​​

Com toda a certeza vá com tudo e arrase, dito assim parece muito mas o que quero dizer é que encontra sempre pontos positivos para evidenciar e ser confiante. Não se aproxime dos sites de namoro online de forma submissa, transmita positivismo de forma graciosa.
Tal como no presencial enfatiza o que tem de melhor com umas fotos bonitas a sorrir, todos queremos ser felizes, torna a vida mais bonita e o seu sorriso é tão bonito, mulher.
Lembre-se que vai avaliar muitos homens e pensa que são encontros online, entre na "dança" com um desejo genuíno de aprender algo sobre a outra pessoa ser feliz. Portanto o importante é ter uma conversa agradável com humor à mistura e acima de tudo, sentir-se muito mais confortável em conhecer estranhos.

2. Não vá com muita sede ao pote mas também não se vá arrastando

Identifica-se com a história da Cinderela que há meia noite acaba a dança com o seu príncipe e volta a Gata Borralheira tem toda a legitimidade para acreditar em fantasias. Todavia se não for o seu caso e surpreendentemente não se transforma nem tudo ao seu redor, o melhor mesmo é ir conversando na App de encontros. O tempo é sempre bom conselheiro.
Uma vez que não existem "receitas" a seguir e só para exemplificar, apercebi-me que os homens podem ser muito eloquentes a teclar, mas muito tímidos ou socialmente desajeitados para realmente despertar qualquer química na vida real. Sob o mesmo ponto de vista, apercebi-me que os homens que escreviam mensagens super longas costumavam ser os mais relutantes em se encontrar pessoalmente. Pois sabiam que já tinham gasto todos os recursos nas suas capacidades de escrita.
Respondia com mensagens mais curtas e, em seguida se me agradava marcava um café. Não é de surpreender que alguns nunca tenham respondido. Outros concordaram e descobrimos durante o encontro que que afinal não tínhamos nenhuma química, não iríamos ser felizes. Melhor encontrar-se mais cedo ou mais tarde, para que o encontro não se esgote e não perca tempo a escrever para frente e para trás. Por que investiria tempo a se apegar emocionalmente a alguém por meio da escrita e das palavras, se não lhe agradaria depois de se encontrar pessoalmente? Estabeleça um interesse um no outro e depois não o arraste. Logo que possível termina o encontro inicial.
Se ele insistir seja honesta e diga: "Eu diverti-me muito, mas não nos imagino felizes". Precisa cortar esses laços imediatamente. Certamente que nada de bom pode advir dessa situação, para não mencionar que está a perder tempo e energia.

3. Atitude é tudo e algum mistério também

Uma mulher não entrega logo "os pontos de mão beijada". Vai devagar para chegar mais longe e começa com um café ou algo que não seja muito demorado, certamente não quer ficar presa numa mesa de um restaurante para jantar!
No inicio tem que ser um encontro de amigos, como algo casual o ponto de partida não é muito importante pode ser em qualquer lado. O site de encontros só demonstra que ambos estão disponíveis mas não significa que tenha que aceitar qualquer pessoa que se cruze no seu caminho. È necessário eventualmente ter em conta que o seu "amigo" não é seu psicólogo nem seu confidente nem garantia que irão ser felizes.
Inegavelmente, para tudo o bom senso é o melhor aliado, criar um personagem que não corresponde à realidade vai "colocá-la em maus lençóis" mais tarde mas isso não significa que revele tudo. Como por exemplo lhe contar ao pormenor a tua última colonscopia e ele lhe contar sobre o estranho hábito de limpar o nariz ou as idas à casa de banho e todos os pormenores sórdidos que isso implica.

4. Conheça-se a si própria e depois os outros

Certifique-se de que não está a pedir mais do que está disposta a dar. Os "Chicos Espertos" não têm género. Assim para os casais felizes, não aconselho a escrever que deseje alguém com um certo status socioeconómico, mas no mesmo parágrafo demonstre falta de ambição e falta de disciplina? É difícil exigir padrões a outras pessoas se não os tiver. Por mais que deseje ascender a uma certa classe social pelo casamento por favor tenha alguma humildade por consequência pode deixar tudo a perder.
Escrever, “Eu sou uma princesa e gosto que me abram a porta, de ser vista com um homem com um grande carrão e que me levem a um restaurante de cinco estrelas no nosso primeiro encontro”. Depois esperar que esse principie seja tirado de um conto de fadas directamente para si. Tendo em conta que "não existem almoços grátis" tudo terá o seu preço e não sei se o quererá pagar.
Que tipo de pessoa quer ser e que tipo de imagem quer dar. Considere pedir a um amigo(a) de confiança (talvez até um amigo do sexo masculino) que verifique o seu perfil online e veja se ele consegue adivinhar o tipo de pessoa que está a tentar atrair. Se não puder, considere reescrever o seu perfil ou alterar as suas fotos para que não haja uma discrepância entre o que pensa e o que está a apresentar ao mundo.

5. Nunca minta no seu perfil

Embora tenha fotos lindas de quando era jovem, não coloque fotos de há 10 anos atrás. Igualmente, não diga que não tem filhos se realmente tiver.
Então também não diga que gosta de heavy metal quando realmente não gosta, gosta da música do Tony Carreira, é algo que terá que aceitar que não é o fim do mundo. Analogamente, não diga que gosta de longas caminhadas no parque se é alérgica ao pólen.
Apenas pense, a mentira tem "perna curta" e a desilusão será muito mais difícil de esquecer que a ilusão que criou.

6. Reconhecer o verdadeiro match é diferente para homens e mulheres

O que as mulheres querem: 5 coisas que elas percebem imediatamente!

Em muitos sites, algumas mulheres precisam apenas colocar uma foto e receberão 20 mensagens numa hora. Certamente isso é incompreensível para os homens. Enquanto que os homens têm que trabalhar um pouco mais para chegar lá. Eventualmente estão mais habituados a lutar porque lidam com a rejeição de namoro online todos os dias, pois as possibilidades de receber uma resposta são menores que as suas.
Com 20 mensagens por dia, como pode pode resolver essas questões?
A sua mente acabará descobrindo padrões- quem se esforça no seu perfil, quem tem uma foto que gosta, quem usou humor no seu perfil ou quem parece confiante. Embora a princípio possa parecer gratificante receber tantas mensagens e "likes", não deixe isso lhe subir à cabeça.
Permaneça autêntico e fiel aos seus valores e é a sua personalidade, carácter e integridade que fazem a diferença.

7. Encontros sim, mas com segurança

Se um homem tentar "provocar-te" ou desafiar-te ("aposto que é mulher para fazer isto ou aquilo ..."), vá abandone agora. Esta é uma enorme bandeira vermelha. Enfim, não precisa provar nada para ele. Somente um estranho com más intenções, a usar linguagem um pouco agressiva e com pouco respeito, gosta te fazer sentir na defensiva ou com receio de assédio ou algo pior.
Se alguém diz isso "à cara podre" online , ou presencialmente num primeiro encontro, o que dirá quando já tiver uma relação consigo e tiver mais confiança? Bloqueie a mensagem dele e siga em frente.
Similarmente acontece com mensagens indesejadas, inapropriadas ou vulgares - nem te preocupes em responder com uma reacção, porque é isso que eles estão à espera.Bloqueie ou denuncie a pessoa e concentre-se em internações positivas.
Eu nunca deixei ninguém me ir buscar a casa para um primeiro encontro e sempre disse a um amigo onde estava no primeiro encontro, mesmo que fosse apenas um café. A primeira vez que o meu namorado chegou a minha casa, mandei uma mensagem para a minha amiga e pedi que ela me telefonasse após algumas horas.
É sempre bom deixar as pessoas saberem onde está e com quem quando está a sair com estranhos.

8. Experimente diferentes sites de namoro

Eventualmente já usei vários sites de namoro, pois cada geração parece ter um novo aplicativo ou site favorito. Mas saiba que cada site parece ter a sua cultura individual em termos demográficos, uns para relacionamentos sérios, outros mais para conversar, encontros casuais e assim por diante. Não espere ter os mesmos resultados em cada site, talvez seja necessário experimentar um pouco e fazer a rodagem completa do que há por aqui em Portugal.
Ou pode ver aqui o top de sites de encontros feito pela nossa equipa.
Inegavelmente basta criarmos um perfil e começar a conhecer pessoas e confesso que com o tempo acaba por ser uma experiência um tanto viciante, devido à diversidade que apresentam. Além disso, entrei em dois diferentes e, embora estivesse a usar o mesmo perfil, achei a qualidade dos homens e a experiência bastante diferentes. Dê a alguns sites uma oportunidade caso esteja com vontade de novas experiências e encontros felizes ou simplesmente vá testando. Entretanto pode ir fazendo o nosso questionário

9. Não tome as más experiências como algo pessoal

Algumas mulheres podem voltar para casa depois de cada encontro de café e ficar de mau humor no sofá, tudo menos felizes. "Eu nunca vou encontrar ninguém!", ou ainda "só me aparecem idiotas". Quando traz essa atitude para si, traz negatividade e más energias ao processo e também está dando uma vibe desesperada, o que significa que não atrairá os melhores candidatos. Depois de começar a reclamar dos seus encontros, começa a encarar o namoro como uma experiência frustrante e negativa que afectará sobretudo a sua visão do processo. A cima de tudo não julgue e vá tentando.
Muito honestamente: o desespero não é atraente. Seja elegante, reconheça que nem todo mundo tem química consigo, “abençoe e solte” e passe para o próximo encontro.
Pense que a menos que tenha uma sorte incrível, inevitavelmente não vai se dar bem logo com a primeira pessoa que conhecer.. Com efeito precisa estar preparada para uma série de primeiros encontros desinteressantes antes de encontrar aquela pessoa especial e viver em casal felizes.
Durante a minha primeira incursão em encontros online, eu pensei que tinha acabado. Depois marquei três encontros de café ... no mesmo dia. foi uma brincadeira bem cansativa. Olhando para trás, essa forma não foi a ideia mais inteligente para uma pessoa tímida, mas ter três encontros às cegas no mesmo dia fez-me perceber que eu queria dar um passo atrás e não estar tanto a pensar nisso.
Volte e faça uma pausa de vez em quando - desse modo pode desactivar temporariamente o seu perfil para não continuar a receber mensagens na sua ausência.

10. Mantenha uma mente aberta

Depois de ter passado por todo um conjunto de experiências, seja honesta consigo própria sobre o que está à procura e verifique se está a usar o site de encontros apropriado. Além disso, precisa ter a certeza de que tipo de homem está interessada e se ele de maneira idêntica corresponderá aos seus interesses.
Então, certifique-se que o seu perfil está feito para captar a pessoa que procura. Se está interessada em ter um relacionamento sério com alguém que não bebe, por exemplo, não procure alguém que tenha uma foto com uma garrafa de cerveja na mão. Posto que por mais bonita que seja, com esse exemplo dá para entender que nunca iam ser felizes. De facto não pode mudar ninguém e só estará a dar oportunidades à vida para mais tarde se decepcionar.
Muitas vezes, quando as pessoas reclamam de incompatibilidades durante as aventuras de namoro online, geralmente já se podia identificar que haviam indícios.

11. Dica final

Às vezes, precisa reconhecer o que é quebrar “grandes regras” (os impostores) e o que é uma “pequena regra” (você está apenas tentando manter o controle sobre um processo assustador e demorado).
Por exemplo, quando conheci o meu agora namorado, eu realmente quebrei a maioria das minhas próprias regras menores. Dei-lhe o meu número de telefone após uma mensagem online, encontrei-me à noite no nosso primeiro encontro. Inevitavelmente, sem ser num local público e beijei-o no primeiro encontro. Todas as coisas que eu me recusei a fazer por muitos outros homens que me tinham enviado mensagens.
Por conseguinte, entendi que ele é a pessoa mais inspiradora, solidária, motivada e ambiciosa que conheço. Às vezes até me esqueço que nos conhecemos na internet, mas poderia ser em qualquer outro sítio. É bom ter regras básicas como suporte emocional, mas contando que se sinta segura e bem emocionalmente, siga o seu coração, intuição também, e sejam felizes.

Desejo-lhe as melhores aventuras com suas novas habilidades de namoro online!

Para concluir deixo-lhe a dica matadora.

Encontros acontecem a qualquer altura os sites de encontros funcionam como facilitadores quer para você quer para ele. Uma vez que são duas pessoas que têm um objectivo comum. Se o tipo que escolheu não lhe der uma visão dele como pessoa de bem, isto é, se na altura que se estão a conhecer e ele não mostra o melhor de si próprio. Se por acaso sente que algo não “bate certo”, se ele tem linguagem agressiva ou vícios, como outras mulheres e por aí. Por mais que tente, o ideal é bloquear e não dar tempo de antena a essa pessoa porque se seguirá um turbilhão de coisas más que poderiam ser evitadas logo no inicio.

Encontros felizes são possíveis!

Deixe uma resposta